Saudade: News from and for the Brazilian community/ Notícias de e para a comunidade brasileira

Martha’s Vineyard Film Festival.

'Bá' is a much-acclaimed move in Brazil. It will be shown at the Martha's Vineyard Film Festival this year. Courtesy of the film's Facebook page.

A tradução deste artigo se encontra no final da versão em inglês.

Compared with last year, this winter has been a reprieve. However, by this time of the year, my whole being begins to long for bike rides with the sun on my face, bonfires at the beach, the happy sound of kids running and laughing at the beach, and all the entertainment brought by summer on the Island. As for now, I’ll settle for no snow on the ground and birds chirping outside my window — my definition of the sound of life.

The 16th Martha’s Vineyard Film Festival opening night is March 17, and this year there is a special surprise for the Brazilian community. On Friday, March 18, starting at 5 pm, the Martha’s Vineyard Film Festival will present FREE “Family Films from Brazil” at the Pathways Gathering Space. One of the films is the Oscar-nominated Brazilian film “The Boy and The World,” a movie considered by many critics to be a pearl from the Brazilian cinema.

The animated film narrates the story of Cuca, a boy searching for his father, who left his family and his rural town to try his luck in a big city. Along the way, Cuca discovers the world and the force of imagination. The simple traces of this animation follow the way a child comprehends things, by utilizing various techniques like chalk, collages, watercolor, and colored pencils. I believe many Brazilians will find solace in this movie, as it portrays the narrative lived by many Brazilian parents who at times had to leave their kids behind in search of a better life for themselves and their families.

The other movie is “Bá” (from “batchan,” which means grandmother in Japanese), which is also a much-acclaimed movie; it has won many awards in Brazil and Chile. The short film portrays the life of a family of Asian descendants living in Brazil, and how the little boy Bruno has his life change when his grandmother comes to live with his family. The boy in the film has no choice of whether or not he wants to give up his room to his grandma, or if he even wants her to live with them at all. Nor does his grandmother have any choice about whether or not she wants to live in a different environment. This is how the boy and the grandmother in the movie form a relationship, by helping each other find peace and redemption in their new life scenario. One of my favorite scenes in this film is when the grandma invites Bruno to help her with the improvised garden, and teaches him about plants. For anyone who has a special relationship with a grandparent, this movie shows in a very compelling way the sweetness of this type of bond.

There are so many aspects of the MVFF that I love: seeing folks I haven’t seen all winter, the food, the hay café, the many thought-provoking films, an opportunity to hear from some of the directors, and so much more. If you haven’t participated in this event, I highly encourage you to try it out. I promise it will become the type of event you will look forward to every March.

To check the festival schedule in Portuguese, visit this website. Here is the Trailer in English for “The Boy and The World”, and the trailer in Portuguese for “Bá”.

Portuguese Translation- Tradução em português

Se compararmos com o inverno do ano passado, este inverno tem sido brando. De qualquer forma, eu espero ansiosamente pelos dias em que poderemos pedalar de bicicleta com o sol em nossas faces, fogueiras na praia, o som feliz das crianças brincando na praia e todos os eventos e diversão que acontecem na ilha durante o verão. Mas por agora, só o som dos pássaros já é o suficiente – a minha definição do som de vida.

O décimo sexto festival de cinema de Martha’s Vineyard começa na noite do dia 17 de março, e este ano o festival traz uma surpresa especial para a comunidade brasileira. Na sexta-feira, dia 18 de março às 5 da tarde, o festival apresentará “Filmes para a Família Brasileira”, gratuitamente  no espaço chamado Pathways Gathering Space e o endereço é 9 State Road, Chilmark. Um dos filmes é o filme brasileiro “O Menino e o Mundo” que concorreu ao Oscar deste ano e tem sido considerado uma pérola do cinema brasileiro.

A animação narra a estória de Cuca, um menino procurando pelo seu pai, o qual deixa sua família e sua cidadezinha rural para tentar a sorte em uma cidade grande. Durante o percurso, Cuca descobre o mundo e a força da imaginação. Os traços simples usados na animação segue a forma como as crianças compreendem o que está acontecendo a sua volta, utilizando diversas técnicas como giz, colagens, aquarela e lápis colorido. Eu acredito que muitos brasileiros irão se identificar com a estória narrada, alguns tiveram que deixar seus filhos para trás para ir atrás de um futuro melhor para suas famílias.

O outro filme é “Bá” ( abreviação do nome “batchan”, que significa avó em japonês), este também tem sido um filme repleto de premiações tanto no Brasil como no Chile. Este curta conta a estória de uma família de descendentes asiáticos morando no Brasil, e como o pequeno Bruno tem sua vida virada do avesso quando a sua avó passa a morar com sua família. Bruno não teve escolha se ele queria ou não conceder seu quarto à sua avó, ou até mesmo se ele queria ou não ter sua avó por perto. Mas sua avó também não teve uma escolha se ela queria ou não mudar de ambiente e viver na casa de familiares. Esta é a forma como o neto e a vó formam uma relação no filme, ajudando um ao outro a encontrar paz e redenção em suas novas vidas. Uma das minhas cenas favoritas do filme é quando a vó convida o garotinho a ajudá-la a podar seu jardim improvisado na nova casa e o ensina sobre plantas. Para qualquer pessoa que tem uma relação especial com seus avós, este é um filme que mostra de uma forma cheia de ternura o quão doce esse tipo de elo é.

Há diversos aspectos do festival de filmes de Martha’s Vineyard que eu amo: ver pessoas que eu não vi o ano inteiro, a comida oferecida, o café montado pela fazendo Morning Glory, os diversos filmes trazidos pelo festival que instigam e informam sobre diversos acontecimentos inoperantes ao redor do mundo, e a oportunidade de ouvir as opiniões de muitos dos diretores destes filmes, como muito mais. Se você ainda não participou do evento, eu recomendo que este ano você participe. Prometo que o festival irá se tornar o tipo de evento que você esperará ansiosamente todo março.

Para obter maiores informações sobre o festival em português, visite o site. Este é o trailer em português para o filme “O Menino e o Mundo” e o trailer  também em português para o filme “Bá”.